Black Swan

Black Swan
Fonte: Google imagens

Anedotas: Primeira (clichê 1): “Seu maior inimigo é você mesmo”; Segunda (obviamente, clichê 2): “Perseguir a perfeição é tolice”. Hohohoho… Se por estatística ou mera observação, o fato é que podemos afirmar a existência de milhares de Ninas e Ninos mundo afora; Pessoas que, infelizmente, vivem encarceradas em brumas de ilusões, alicerçadas em introspecções degeneradas, pessoas que subtraem-se da alegria de viver por não se desgarrarem dos traumas e, como se não fosse bastasse, nutrem uma dose demasiado amarga de orgulho e medo em detrimento à falta de amor próprio e de fé… Triste espectro da realidade!!!

Há quem diga que ditados populares são assertivos, neste caso, o “tudo que é demais, é sobra” seria o côncavo do convexo da nossa querida “sweet girl” que perdeu a chance de viver um tórrido caso de amor com o teacher, de colher os louros do seu trabalho, de sair de casa e viver sem a mãe tolhedora, de apreciar o surgimento de vincos e rugas, tsc, tsc, tsc… Perdeu um mundo de possibilidades graças à sua busca, frenética e torpe, pela perfeição, inclusive, há quem considere muito o “tudo” conquistado, alucinações gradativas, pânico, solidão, depressão, psicose, suicídio… A meu ver, o preço pelo sucesso foi caro demais, nem mesmo uma vida medíocre merece ser extirpada desse jeito.

Parabéns ao Aronofsky pela condução dos trabalhos! A Nina me deixou louca de vontade de usar sapatilhas cor de rosa e desejosa por controlar o meu “dark side”, (Oooooops!! Isso aqui não é Star Wars!!), quero dizer o meu lado “black swan”; Sim, porque eu também tenho um lado pungente, latente e arrolhado dentro de mim; Eu, a torcida do flamengo e não sei quantos bilhões de pessoas ao redor do mundo, mas não rola desistir de tudo por conta duma falta de controle (e de trabalho duro, porque êh trem difícil esse de futucar o bendito “interior”), né? E problemas, dores e culpas não é privilégio de ninguém, bem ao contrário, é via de regra; Entonces Nina, você deu mole!!!

Aaaaaaaaaah!!! O lance da tolice na perfeição, deixemos muito claro, reside nos excessos, okaaaay?!!! Não vá dizer ao seu dentista que não quer uma restauração perfeita ou ao piloto do seu vôo para Roma que ele não precisa aterrissar religiosamente no ponto certo, porque aí você vai se f… Fustigar, ora pois!!!! Até porque ser xiita não é a questão, mas sim saber usufruir tudo o que a vida tem pra oferecer e, a propósito, a Portman entendeu o recado direitinho, arrasou na personagem, engatou um romance com o coreógrafo e emparelhou numa festa só, um “Oscar” e um bebê!!!! That’s right, Girl!!!

Anúncios

4 comentários sobre “Black Swan

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s