2015

Sherlock Holmes – Sir Arthur Conan Doyle

Os Irmãos Karamázov – Fiódor Dostoiévski

Assim Falava Zaratustra – Friedrich Nietzsche

Cegueira Moral – Zygmunt Bauman

Cegueira Moral – Parte I – Zygmunt Bauman

Cegueira Moral – Parte II – Zygmunt Bauman

O Oceano no Fim do Caminho – Neil Gaiman

Admirável Mundo Novo – Aldous Huxley

1984 – George Orwell

 

 

2016

O Segundo Sexo – Simone de Beauvoir

O Retrato de Dorian Gray – Oscar Wilde

A Morte em Veneza – Thomas Mann

Tonio Kröger – Thomas Mann

O Jogo da Amarelinha – Julio Cortázar

O Ponto de Mutação – Fritjof Capra

Frankenstein – Mary Shelley

Sejamos Todos Feministas – Chimamanda Ngozi Adichie

Amor Líquido – Zygmunt Bauman

Hamlet – William Shakespeare

 

2017

A Montanha Mágica – Thomas Mann

O Processo – Franz Kafka

Mulheres, Raça e Classe – Angela Davis

A Redoma de Vidro – Sylvia Plath

A Metamorfose – Franz Kafka

Quarto de Despejo – Carolina Maria de Jesus

Profissões para Mulheres e Outros Artigos Feministas – Virginia Woolf

Bartleby, o escrivão – Herman Melville

A Bagaceira – José Américo de Almeida

Os Excluídos da História: Operários, Mulheres e Prisioneiros – Michelle Perrot

O Segredo de Heap House – Edward Carey

Arquivos do Mal-estar e da Resistência – Joel Birman

Fatos e falácias da economia – Thomas Sowell

A Senhora de Wildfell Hall – Anne Brontë

Cenas Londrinas – Virginia Woolf

O aberto – o homem e o animal – Giorgio Agamben

Anúncios

4 comentários sobre “Resenhas

  1. IMAGINA UMA PESSOA QUE, AO SE DEPARAR COM AS PALAVRAS DE BAUMAM, OBSERVA O MUNDO DE MANEIRA DIFERENTE TENTANDO, NÃO SÓ ENTENDER, MAS, TOLERAR COMO TUDO “HJ” NA ERA DO ACESSO NÃO SE SOLIDIFICA MAIS, TANTO, NAS RELAÇÕES AMOROSAS, COM OS DITOS AMIGOS E, O PIOR DE TUDO NO PRÓPRIO SEIO FAMILIAR, ENTÃO DEIXAMOS AS MELHORES QUALIDADES DO SER HUMANO ESCORRER PELAS NOSSAS MÃOS SEM AO MENOS LEMBRAR QUE FIZERAM PARTE DAS NOSSAS VIDAS.
    EU PODERIA ESCREVER MAIS UM POUCO, PORÉM, ESTOU NO ESTÁGIO E, PESQUISANDO, JUSTAMENTE SOBRE O REFERIDO AUTOR ME DEPARO COM O SEU BLOG, CONTUDO, FICO MUITO FELIZ EM VOCÊ TER CITADO O MESMO, POIS NÃO VEJO MUITAS PESSOAS FALANDO SOBRE ELE.

    ENTÃO COMO DIZ NOSSO MESTRE : “Vivemos tempos líquidos. Nada é para durar”.
    ELAINE, PARABÉNS PELO SEU TRABALHO, TENTAREI COMPARTILHAR ALGUMAS “COISINHAS” TAMBÉM, SE EU PUDER É CLARO.

    Curtido por 1 pessoa

    1. Concordo com você, Alan, os valores estão truncados e coisificados. E cá entre nós, depois de Bauman, tudo muda e ganha uma nova reflexão.
      Seja sempre bem-vindo!! E, por favor, compartilhe SIM seus pensamentos conosco. Será um prazer!!
      Grande abraço!!

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s